São Paulo diz: “Maridos, amai as vossas mulheres, como Cristo amou a Igreja [...] É grande este mistério, que eu refiro a Cristo e à Igreja” (Ef 5, 25.32).

 

A aliança matrimonial, pela qual um homem e uma mulher constituem entre si uma comunidade íntima de vida e de amor; foi fundada e dotada das suas leis próprias pelo Criador. Pela sua natureza, ordena-se ao bem dos cônjuges, bem como à procriação e educação dos filhos. Entre os batizados ,foi elevada por Cristo Senhor à dignidade de sacramento.

O sacramento do Matrimônio significa a união de Cristo com a Igreja. Confere aos esposos a graça de se amarem com o amor com que Cristo amou a sua Igreja; a graça do sacramento aperfeiçoa assim o amor humano dos esposos, dá firmeza à sua unidade indissolúvel e santifica-os no caminho da vida eterna .

O Matrimônio assenta no consentimento dos contraentes, quer dizer; na vontade de se darem mútua e definitivamente, com o fim de viverem uma aliança de amor fiel e fecundo.

Uma vez que o Matrimônio estabelece os cônjuges num estado público de vida na Igreja, é conveniente que a sua celebração seja pública, integrada numa celebração litúrgica, perante o sacerdote (ou testemunha qualificada da Igreja), as testemunhas e a assembléia dos fiéis.

A unidade, a indissolubilidade e a abertura à fecundidade são essenciais ao Matrimônio. A poligamia é incompatível com a unidade do Matrimônio; o divórcio separa o que Deus uniu; a recusa da fecundidade desvia a vida conjugal do seu “dom mais excelente”, o filho 

O novo casamento dos divorciados, em vida do cônjuge legítimo, é contrário ao desígnio e à Lei de Deus ensinados por Cristo. Eles não ficam separados da Igreja, mas não têm acesso à comunhão eucarística. Viverão a sua vida cristã, sobretudo, educando os filhos na fé.

O lar cristão é o lugar onde os filhos recebem o primeiro anúncio da fé. É por isso que a casa de família se chama, com razão, “Igreja doméstica”, comunidade de graça e de oração, escola de virtudes humanas e de caridade cristã.

 

Fonte – Catecismo da Igreja Católica

 

O Sacramento do Matrimônio

 

O Matrimônio é o amor. Ninguém consegue viver sem a presença e a amizade de outras pessoas. Ninguém está sozinho. No casamento, essa amizade é repartida entre o marido e a mulher: é repartida entre o casal e os filhos, e com a comunidade onde vivem. O mais difícil do amor é permanecer firme nele. Só Deus mesmo é capaz de ser, sem defeito, fiel e amoroso. Quando o casal é fiel no amor, é um grande sinal de Deus. Deus está presente no amor do casal. Quem acredita nisso pode casar na Igreja.

 

 

"A aliança matrimonial, pela qual o homem e a mulher constituem entre si uma comunhão da vida toda, é ordenada por sua índole natural ao bem dos cônjuges e à geração e educação da prole, e foi elevada, entre os batizados, à dignidade de sacramento por Cristo Senhor." 

 

Deus nos fez para a felicidade, não nascemos para viver sozinho, mas sim com uma companhia. O Pai quando criou o homem, deu à ele uma companhia: Eva. Deus também acrescentou: "Por isso o homem deixa o seu pai e sua mãe para se unir à sua mulher; e já não são mais que uma só carne" (Gn 2, 24).

 

Esse ato de se juntar com o sexo oposto para juntos viverem em uma só carne é o próprio Sacramento do Matrimônio. Este é um Sacramento de Serviço, através dele nos unimos ao sexo oposto para juntos construirmos uma família. O Matrimônio é uma doação total ao outro e à Deus, somos chamados a construir uma família cristã, com pensamentos retos e morais.

 

Podemos então chegar a conclusão que o Sacramento do Matrimônio é uma das grandes obras divinas, que foi criado para o Amor Familiar. A Família é o grande investimento que Deus criou, é através dela que se educa cidadãos retos procurando a imitação de Cristo Jesus.

 

 

CONDIÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE CASAMENTO

 

1.      Pré reserva:

A pré-reserva tem validade de uma semana. Se não for confirmado até a data, a mesma será cancelada automaticamente, podendo ser reservada para outro casal. Lembramos que a Igreja tem suas normas para a realização da cerimonia, não abriremos exceção para casos especiais.   

 

2.      Agendamento:

O agendamento só será feito com os dados devidamente preenchidos e o pagamento da taxa de casamento no valor de R$ 550,00. Em caso de desistência, devolveremos 50% do valor. Horários disponíveis:

 

- Sexta-Feira: 20h30

- Sábado: 10h00 (exceto em dias de batismo); 18h00 e 19h30 (não deverão ser alterados).

 

3.      Documentos Necessários:

Os documentos deverão ser entregues na secretaria até 90 dias antes da cerimônia.

 

     Documentos básicos necessários a todos os casais:

  1. Certidão de Batismo atualizada da paróquia de origem;
  2. Xerox do RG do Casal;
  3. Xerox do Comprovante de endereço do Casal;
  4. Certificado de Participação do Encontro de Noivos;
  5. Planilha de dados do Casamento Civil.

 

      Documentos adicionais:

      Autorização da Paróquia (caso não pertençam a esta paróquia, há necessidade de obter a autorização da paróquia de origem para a celebração);

      Certidão de óbito, quando o noivo (a) é viúvo (a);

      Instrumento Canônico ou Habilitação Matrimonial (quando noivos de outra diocese);

  Declaração de Nulidade Matrimonial (expedido pelo Tribunal Eclesiástico) para aqueles que foram casados na Igreja e obterem a nulidade;

      Documento de divórcio (quando noivo (a) for divorciado no civil (a) e não é casado (a) na Igreja).

 

 

         

        4. Encontro de Noivos

O matrimonio é uma celebração da fé e a participação no encontro é obrigatória. É um marco na vida daqueles que assumem este sacramento. Por isso é preparado humana e espiritualmente. O Encontro de Preparação de Noivos quer ser um auxílio para os noivos, sob a luz da fé, refletirem no passo que irão realizar. Esta preparação não deveria ficar para o último mês antes do casamento. Verifique, o quanto antes, quando ele acontece na sua Paróquia. Aceitamos certificados de outras paróquias. Pedimos que os noivos participem com 03 (três) meses de antecedência.

 

                          A inscrição deverá ser feita pessoalmente na secretária, no mês anterior ao encontro.

                          Valor: R$ 40,00 por casal. (Os valores serão reajustados em Janeiro de cada ano)

 

        Os encontros são realizados aos sábados das 13h30 às 22h00. Vagas limitadas até 15 casais.

        Local: Salão Paroquial

 

                Próximos Encontros

 

         02 de Agosto

         04 de Outubro

         06 de Dezembro 

 

 

                5.  Sobre o horário

Para todo e qualquer casamento, será mantido rigorosamente o horário determinado para a cerimônia. No horário exato, se dará início aos cortejos que abrem a cerimônia. O cortejo não poderá se atrasar por falta de padrinhos. Não é permitido que os noivos antecipem o horário da celebração em 15 minutos no convite. A noiva deve estar na porta central da igreja 10 minutos antes.

 

 

                6.  Padrinhos

O número máximo de padrinhos é de 05 (cinco) casais, mais os pais de cada um dos noivos. Recomenda-se com insistência que os padrinhos sejam católicos. Os bons costumes pedem que as       madrinhas estejam com uma roupa adequada para uma celebração religiosa.  Não abrimos exceções no número de padrinhos. Os mesmos deverão participar no altar, não é permitido permanecer no banco da Igreja.

       
               7.      Decoração da Igreja

              As flores devem ser o sinal exterior da alegria da celebração. Não exigimos que a igreja seja decorada, porém permitimos a decoração contanto que:

    - A ornamentação sendo secundária, a igreja não se responsabiliza e não interfere na decisão dos noivos. O enfeite seja único para todos os casamentos realizados no dia. Não havendo acordo entre os casais, será cancelada qualquer decoração;

     -  No corredor central, a ornamentação não deverá exceder 1,5 m (um metro e meio) de altura;

- Para o uso tapete de espelho, deverá primeiramente ter a autorização do Pároco, depois consultar a agenda paroquial. É necessário que haja somente um casamento no dia (comprando o outro horário disponível);

-  No presbitério (altar) será permitido apenas, 2 colunas com arranjos, 1 enfeite de mesa e 1 enfeite em cada ambão de leitura, não permitimos decoração com árvores e nem luzes.

-  A floricultura deve deixar a igreja pronta até às 11h00 e retirar a decoração do corredor logo após o ultimo casamento, deixando-a nas condições encontradas;

-  A floricultura deve trazer o tapete próprio;

Na Quaresma, é permitida decoração mais simples e somente flores brancas.

 

             

          8.    Músicas, Foto e Filmagem

           A contratação dos músicos, foto e filmagem são de responsabilidade dos noivos.

- O repertório das músicas é opcional devendo respeitar os valores cristãos e serem na maioria músicas católicas, pois, se trata de uma celebração religiosa de rito católico.

- É obrigatório que os profissionais da música, foto e filmagem entrem em contato com a Secretaria Paroquial com até 10 dias de antecedência do casamento, para que sejam combinados as normas de uso da Igreja, sendo que cabe a paróquia o direito de vetar ou interferir na realização dos mesmos se não houver contato.

- Caso haja algum dano material no sistema de som e elétrico da Igreja, os contratados pelos noivos deverão ser responsabilizados pelo prejuízo.

- A Igreja não se responsabiliza por materiais esquecidos em sua dependência.

- Caso queiram utilizar o coro, a Igreja deverá ser comunicada anteriormente.

 

 

         9.  Ensaio

     Os ensaios de casamento são obrigatórios e acontecem sempre na 1ª (primeira) Sexta-feira de todos os meses, às 20h00 (após a missa das 19h30). Deverão participar do Ensaio os noivos e os pais (se possível). Os noivos que não participarem do ensaio, não terão direito a reclamações posteriores.

 

 

   10. Cerimônia

O Sacramento do Matrimonio é uma preocupação da Igreja. “A aliança matrimonial pela qual o homem e a mulher constituem entre si uma comunhão de vida, é ordenada por sua índole natural ao bem dos cônjuges e à geração e educação da prole, e foi elevada entre os batizados, à dignidade de Sacramento”. (Cân 1055 CDC)

 

- Caso tenha entrada das daminhas ou florista só poderá ser feita antes da noiva;

- Não é permitida a organização feita por cerimonialistas, pois a Igreja tem uma equipe voluntária para auxiliá-los na cerimônia;

- São permitidas no máximo 02 entradas solenes. (Cortejo dos padrinhos, pais e o noivo por último. A noiva tem entrada especial);

- É proibido jogar pétalas de flores, arroz e outros objetos à saída dos noivos, prevenindo acidentes;

- Sugerimos que daminhas e pajens tenham no mínimo 05 anos;

- Recomendamos, no máximo, 02 crianças para entradas;

- Podem os noivos optar por receber a comunhão;

- Qualquer tipo de atraso (noivos, pais e padrinhos) será prejudicial à cerimônia, pois a mesma deverá terminar em horário normal sendo reduzido o seu tempo de duração;

- Os pais, padrinhos e noivo deverão chegar com 30 minutos de antecedência e participar da revisão da cerimonia nas antessalas paroquiais preparada pela equipe de evangelização do matrimonio;

- A noiva deverá estar próxima à entrada da Igreja com 10 minutos de antecedência;

- Os pais e padrinhos que chegarem atrasados não entrarão no cortejo e sim pela sacristia;

- Podemos realizar o casamento religioso com efeito civil, desde que, os padrinhos sejam um dos casais do casamento religioso;

- O motorista da noiva deve ser particular, não tendo vinculo com a cerimonia religiosa e civil.

- Não é permitido aos noivos receberem cumprimentos após a cerimônia nas dependências da Igreja.

- Na semana do casamento, o casal deverá estar disponível para a realização da entrevista matrimonial com o pároco ou quem por ele indicado (diácono ou vigário). A entrevista é obrigatória.

- Caso o casal queira trazer um padre/diácono de sua preferencia, é necessário que se avise a paróquia com antecedência fornecendo-lhe nome completo e contato.

 

11. Agenda

 

Para 2014 a agenda já está fechada

 

Casamentos agendados para 2015

 

JANEIRO    

 

Dia 24          Sábado          19h30          Fernando e Denise

 

FEVEREIRO

 

Dia 07          Sábado          19h30          Gustavo e Thaciana

 

MARÇO

Dia 21          Sábado          19h30          Guilherme e Priscila

Dia 28          Sábado          19h30          Gismael e Lidiana

 

MAIO

 

Dia 09          Sábado          18h00         Guilherme e Gabriela

Dia 09          Sábado          19h30         Amarildo e Jussara

Dia 30          Sábado          18h00 e 19h30          Ivan e Lilian

 

JUNHO

 

Dia 13          Sábado          18h00          Fábio e Jaqueline

Dia 13          Sábado          19h30          João Paulo e Aline

Dia 20          Sábado          18h00          Felício e Mônica

 

JULHO

 

Dia 18          Sábado          18h00          Amauri e Beatriz

Dia 18          Sábado          19h30          Antonio e Marina

 

SETEMBRO

 

Dia 12          Sábado          19h30          Rafael e Tácia

Dia 19          Sábado          19h30          Rodrigo e Mayara

 

OUTUBRO         

 

Dia 17          Sábado          18h00          Reginaldo e Juliana

Dia 24          Sábado          19h30          Everton e Luana

 

NOVEMBRO

 

Dia 07          Sábado          19h30          Maicon e Amanda

 

 

 

 

 

CLIQUE NO CALENDÁRIO PARA IMPRIMIR A FICHA DE AGENDAMENTO

 

 

 


Todos os direitos reservados - Paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora - Sorocaba/SP - R. Avelino Argento - 386 - Jd. Paulistano - Sorocaba - SP - 18040-670 Tel: 3222-2380
Desenvolvido porLigue Site Sorocaba